Operação destrói equipamentos de garimpeiros que exploram ilegalmente Terra Yanomami

Operação foi deflagrada pela Polícia Federal, Forças Armadas e Ibama.


Por G1 RR e Rede Amazônica – Boa Vista para G1

Operação destrói equipamentos de garimpeiros que exploram ilegalmente Terra Yanomami
Crédito: Ibama/Divulgação

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal, Ibama e Forças Armadas destruiu equipamentos de garimpeiros que atuam ilegalmente na Terra Indígena Yanomami em Roraima. A ação ocorre há três dias e deve durar uma semana.


Uma das regiões onde ocorre a operação é em Homoxi, área dominada por garimpeiros dentro da reserva. Nesta localidade, o posto de saúde deixou de funcionar porque servidores da saúde não se sentiam seguros de atuar devido à forte presença dos invasores.


A outra região onde houve destruição de equipamentos foi no "Arame", município de Alto Alegre, uma das rotas usadas pelos garimpeiros para chegar os acampamentos instalados na mata.


Maior reserva indígena do país, a Terra Yanomami é alvo recorrente de garimpeiros que extraem ouro e cassiterita da floresta. A ação impacta diretamente na vida dos indígenas, os mais afetados pela destruição ambiental causada pela exploração dos minérios.


Na operação foram destruídas balsas, tratores e maquinários usados pelos invasores. A estimativa é que mais de 20 mil garimpeiros atuam ilegalmente na reserva.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square